438º Dia – Lutos religiosos de Taiwan

Quando ver este toldo preso numa casa, é porque uma pessoa de lá faleceu

Um outro vizinho faleceu recentemente e como a família dele é budista, eles ficam de luto por vários dias até encontrar um que seja bom para cremar. Durante esse tempo eles montam um santuário no andar térreo em frente à porta, cadeiras são forradas com tecidos e alinhadas em cada canto da parede. Os familiares ficam lá sentados por um bom tempo e conversando entre si. Eles também jogam bombinhas, tocam alguma coisa que tem som de vuvuzela (não cheguei a sair de casa para ver como era) e cremam o dinheiro (não é o de verdade e sim de papel reciclado com uma folhagem dourada no meio) que serve como oferenda para os deuses.

A família também faz uma entrega de presentes que podem ser toalha, biscoitos, bombinhas, velas e dinheiro para os deuses, para os vizinhos como forma de agradecimento pela compreensão, e por não reclamar do barulho.

Abaixo são presentes de duas famílias:

Anúncios

389º e 391º Dia – Caminhando pela National Tsing Hua University (國立清華大學)

Essa universidade é enoooooorme. Nos primeiros dias eu andei ao todo 4h e ainda não andei em todos os lugares hahaha. Mas o bom é que agora eu tenho uma noção de onde fica tal lugar.

Começando pela entrada, tem uma fileira de bicicletas da empresa U Bike, aqueles que tiverem o Yoyo Card, podem alugar uma (tem que ter o chip de celular daqui para cadastrar na máquina que fica ao lado, não sei como tá agora, mas quando me cadastrei estava tudo em chinês).

U Bike. Alguém esqueceu a bebida num dos guidões de uma das bicicletas… (tem mais bicicletas do outro lado)

Perto da entrada principal tem esse lago enorme, não sei quantos metros tem, e infelizmente não tem como dar uma volta inteira nele (tem uma parte que não dá para andar).

Leia mais »

391º Dia – Primeiras aulas na National Tsing Hua University (國立清華大學)

Na primeira aula (quarta-feira) não teve lição de casa e nem chegamos a ver o que tinha no livro. A professora deu um cartão para cada um escrever o nome com o pinyin e no verso três coisas que gostaria de fazer, mas que não teve oportunidade de realizar. Então ela recolhia os cartões e os embaralhava, cada um tinha que pegar um cartão e procurar a pessoa que tem aquele nome (perguntando para a pessoa ao lado se o nome dela era tal). Sentar junto com ela e fazer umas perguntas de acordo com as três coisas que ela gostaria de fazer. No fim distribuiu o cronograma de aula e perguntou se tinha alguma parte que alguém não tá afim de fazer e quer fazer outra coisa no lugar.

Na segunda aula também não teve lição de casa e apareceram duas alunas taiwanesas para auxiliar a professora nas aulas de sexta-feira. A professora separou a sala em dois grupos e tínhamos que perguntar para uma das monitoras algumas coisas sobre ela, e então contar para todos o que ela respondeu. Depois tivemos que perguntar o que todos tinham em comum, como, por exemplo: quando sai para viajar, tira foto. No fim vimos alguns slides e um vídeo do capítulo 8 e discutimos sobre o tema.

Vista da janela
Vista da janela

344º Dia – Lavender Cottage (薰衣草森林)

No 1º dia do ano, fui com a minha tia, o namorado dela e minha mãe para um lugar chamado Lavender Cottage (薰衣草森林). A entrada custa 100 NT, mas “ganha” 50 NT de voucher para usar no restaurante ou na lojinha de produtos naturais que tem perto da entrada.

imag6144Antes de entrar tem uma casinha (não tem nada dentro) e ao lado um repelente contra pernilongos, e uma pomada para caso você tenha sido picado. Achei bem conveniente!

Depois de pagar a entrada, um pouco a frente ao lado direito tem um botão verde que ao apertar, leva um “banho” de lavanda, tem uma placa que diz que é para tirar todas as energias negativas e se sentir mais relaxado (sem contar que o cheiro é muito bom).

Leia mais »

336º Dia – Tour em Guanxi (關西)

No dia 24 de Dezembro,a faculdade organizou mais um evento para os estudantes estrangeiros, dessa vez em Guanxi, que fica no condado de Hsinchu. Tivemos transporte e atividades por conta da faculdade.

Visitamos três lugares: 仙草博物館 (Grass Jelly Museum), 台紅茶業文化館 (Formosa Tea Industry and Culture Gallery) e 羅屋書院 (Lo Family Traditional School).

仙草博物館 (Grass Jelly Museum)

imag5934
仙草博物館 (Grass Jelly Museum)

Chegando lá, uma guia nos mostrou as árvores frutíferas e a plantação de verduras, flores e grass jelly (仙草), mas como tá inverno, boa parte tava com uma aparência meio morta.

Leia mais »

302º Dia – Leofoo Village Theme Park (六福村主題遊樂園)

Leofoo Village Theme Park
Entrada do Leofoo Village Theme Park

Ontem fui com os estrangeiros da universidade para um parque de diversões chamado Leofoo Village, que fica em Hsinchu. Este parque fica aberto todos os dias, das 9h às 17h (clique aqui para mais informações).

A entrada foi por conta da universidade e só 40 estrangeiros (inscritos) podiam participar.

Como eu tenho muito medo de altura, achei melhor andar por lá sozinha, pois se fosse com um pessoal da minha sala, eu teria que esperá-los ir no brinquedo que eu provavelmente não teria coragem de ir, para depois quem sabe ir em um que eu possa.

Leia mais »

274º Dia – Aprendi pintura chinesa básica

Como foi naquele evento cultural Hakka que estive participando esses dias, aprendi umas coisas bem básica sobre como fazer pintura chinesa, pois eram apenas 3h de aula.

imag5347
O da esquerda é o da minha tia e o da direita é o meu (fiz sem seguir o modelo da professora)

Usamos tinta nanquim, carvão para fazer o rascunho (opcional) e um pincel de pintura/caligrafia chinesa. A folha branca serviu para treinar, só que no fim acabei fazendo algo diferente e mais livre, apesar de que no fim não teve cara de pintura chinesa.

Para colocar cores, só tinha marrom e verde, não podia pegar as outras cores. Abaixo é a pintura que a professora fez seguindo o modelo. Ela começou fazendo traços fortes e então foi dissolvendo com a água para fazer tons de cinza.

p_20161022_100801